segunda-feira, 19 de janeiro de 2009


Dúvido que exista algum ser que não se encante ao ver uma borboleta, das mais simples(vistas todos os dias em lugares feios ou bonitos), até as mais belas, cores perfeitas, cheias de encanto, nos fazem pensar em muitas coisas, nos transportam para um mundo desconhecido, o mundo dentro de nós... E quem não se encanta ao descobrir como surge e se desenvolve uma borboleta? Quem não se espanta ao saber que algo tão belo surge a partir de algo até então tão insignificante, repugnante eu diria. Isso mesmo de uma lagarta.
Costumamos sempre comparar as borboletas as pessoas "incríveis" que aparecem em nossas vidas, comparamo-nas com aquele amor perfeito, um grande amigo, nossos pais, alguém especial que por algum motivo significante ou não bateu asas e voou... Sim, também costumo fazer tais comparações,mas estive pensando e porque não compará-las com aquelas pessoas "insignificantes"? Isso mesmo aquelas pedras que aparecem em nossos caminhos, aquelas que desejam nos derrubar, que estão sempre tentando nos colocar pra baixo...Acho que me equivoquei, essas pessoas não são "insignificantes", eu diria que elas são extremamente importantes em nossa caminhada, se não o fossem porque então dispensaríamos tanto tempo a elas?
Pois bem, convido-os a comparar essas pessoas a uma borboleta, não a uma dessas lindas e coloridas, mas aquela, aquela que ainda tá no casulo e é tão feia, tão sem graça. Ela também pode desabrochar e tornar-se uma belíssima colorida que encanta a tantos dos nossos queridos.O que falta a essas lagartas é o seu olhar, o nosso olhar, O OLHAR, olhar capaz de transformá-las de monstros em heróis, de repugnante em gigantes, de chatos em insipensáveis...Essas lagartas precisam de oportunidade, precisam mostrar que podem sim tornar-se uma pessoa melhor, uma pessoa que deixa de estar em preto e branco e passa a viver no lindo mundo de nuances... viver no colorido é mesmo tão mais divertido.
Permita-as, permita-se, abra-se para o mundo, para as pessoas, para as cores e vamos juntos transformar cada vez mais lagartas em belas e lindas BORBOLETAS.


ps.: Dedico esse post a uma linda borboleta que existe em minha vida, essa quando conheci já era linda e colorida e trás a cada dia mais encanto à minha vida. Pra vc Vam, amiga que amo tanto.

7 comentários:

Brasil. disse...

Eu ODEIO borboletas, acho o inseto mais nojento do mundo. Tenho nojo! Mas a comparação que você fez em relação as pessoas, eu gostei, achei válida :D
Seus textos são lindos. Parabéns!

Sílvio Moura disse...

Oi lindona, obrigado pela visita. Também estou te seguindo.
Beijos!


PULCRO.

www.pulchro.blogspot.com

Reginaldo disse...

Olha que texto legal!!! tb vou visita-la com frequencia!! Abraço.

Sieger disse...

Tenho PAVOR de borboletas! Uma vez quebrei quase metade dos móveis de casa querendo expulsar uma.
Lindo texto!

O Pequeno Diabo disse...

q bonitinho...
borboletas

A D O R O

xx

anna carolina disse...

Adorei a comparação. Borboletas são, de fato, maravilhosas. Já as lagartas, nem sempre.
Vê-las como você sugeriu ajuda a deixar o dia mais colorido. Mais borboleta. (:

Gostei bastante dos seus textos, parabéns. Visitas minhas serão recorrentes, se não se importa.

;*

Mary disse...

Amei as comparações...
Afinal, borboletas, assim como as pessoas podem, do nada, se transformarem em belíssimas obras da natureza...
Lindo!
Amei o post
Xero
=D