sábado, 4 de abril de 2009

É engraçado como estamos sempre nos sentindo fortes, sempre achando que já estamos acostumados com tudo, que nada nos derruba e todo esse blá blá blá de pessoas como eu, que continuam a acreditar no ser humano. Eu já devia imaginar que as pessoas não são o que parecem, mas insisto em acreditar fielmente na imagem que elas me passam, idiota que sou. E é sempre assim que fico quando alguém me decepciona, eu já devia estar acostumada, isso acontece tão constantemente,mas não estou...
Eles ainda conseguem, eles sempre conseguem destruir a pintura da minha face, quando consigo o que imagino perfeito, as cores que tanto busco, sempre aparece um e acaba com isso, não vou mais querer saber porquê, não adianta... Tava tudo tão doce, parecia tudo tão real, a cada dia eu me entregava mais, me envolvia mais nesse círculo mentiroso que eles sempre me ajudam a criar, quando juro que é tudo real, que vou viver desse jeito eles pisam no doce que me ajudaram a criar, pisam sem pensar em mim, pisam porque pra eles não valia mais a pena, porque pra eles não fazia mais sentido. Nessas horas me pergunto: E eu? Será que eles não pensam em mim? Que estão me maxucando?
Como sou ingênua, tadinha de mim de acreditar que eles perderiam tempo pensando em mim...
Mas quer saber? Cansei de me preocupar com essas coisas, não quero ser uma pessoa fria, mas só encontro gente assim, o que me obriga a mudar minha postura. Também não quero ser radical e mudar de uma hora pra outra,mas quero ter mais certeza da verdadeira face das pessoas com quem me relaciono, tô cansada de apostar tudo e sempre perder... Chegou a hora de eu abrir os olhos e estar atenta a cada movimento. Sei que ainda vou me decepcionar muito com muita gente, mas quero ao menos tentar sofrer menos com isso sabe? Quero não ter que parar minha vida pensando em porquê aconteceu,quero também não desacreditar nas pessoas por conta dessas COISAS que aparecem em minha vida. E pensando bem tenho muito o que agradecer a essas COISAS, afinal é por conta delas e do que me fizeram que hoje sei dar o devido valor as pessoas que realmente merecem. Então é isso, vou voltar a minha vida, afinal a vida sempre segue seu curso, estando nós bem ou não, não adianta ficar se lamentando, continuo aqui, não tão firme nem tão forte, mas o que importa mesmo é que continuo, SEMPRE.

PS.: GENTE É UM DESABAFO POR CONTA DAS COISAS QUE ACONTECERAM LÁ NO AP, DEPOIS ESCREVO CONTANDO DETALHES TÁ?
BEIJOOO IMENSO PRA TODO MUNDO E TÔ LENDO VCS SEMPRE.

11 comentários:

.tai. disse...

Amiga, que triste isso tudo, a verdade é que não entendi nada, mas pelo visto você deve estar bem abalada...
Vou rezar por você daqui viu! E o que eu puder fazer eu farei.
Te amo muito amiga, se cuida

Thais Puga®. disse...

É, também não entendi muito do seu post...

Mas pessoas sempre decepcionam pessoas, é a lei natural das coisas, por mais que não gostemos que isso aconteça.
Mas tenta de fato não se abalr muito com isso, aliás, tem coisas que abalam muito na hora, depois já não parecem ter tanto impacto!
Estamos ai.

beijos. xD

Mônica disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mônica disse...

Ih, menina...as pessoas sempre nos surpreendem, não tem jeito. O segredo é não criar expectativas, nem esperar que elas nos deem aquilo que não podem nos dar. Mas isso é muito difícil.

Espero que tudo se ajeite e vc supere mais essa.

Bjs.

andreia inoue disse...

eita amiga,sei que eh dureza o q vc esta passando,principalmente pelo fato de no comeco vc estava toda empolgada com as mudancas positivas q estavam acontecendo,e a mudanca para o apato,as amigas,a facul,tudo muito bom,mais o ser humano eh assim mesmo,tem uns q nao sabem administrar seus problemas,ou inveja,ou seja la o q tenha acontecido,e acaba machucando quem nao tem nada a ver,
infelizmente essas coisas sempre vao acontecer,nao estamos livres de passar por essas coisas pq em tudo q fazemos temos q nos envolver com pessoas,seja na facul,no ambiente de trabalho,no bairro,ixi,e a gente so tem q tentar aprender a fortalecer nosso espirito e mente para nao sairmos sempre feridos,
eh como diz o poema,com as pedras q atiram em mim,junto todas para formar meu castelo,lindo ne?faca isso,sofra agora o q tem q sofrer,e de logo a volta por cima,super beijao.

Lou disse...

É... É cada COISA que atravessa o nosso caminho, não?

Ou a gente aprende a ser um pouquinho mais fria, ou fica num ciclo vicioso de sofrer. Mas, não é simples assim, porque a gente sempre se envolve.

Fica bem!

Beijão, querida!

Mauri Stern Boffil disse...

Ai :(
Espero que as coisas melhorem por aí...
Bjs

Gay Alpha disse...

Nada é tão ruim que não possa ficar pior... hahahahahahaha!!! Força na peruca, minha amiga!!! E vê se não some mais, menina!!! Na corrida, deixo um beijão e volto depois para saber maisssssss!!!

Mônica disse...

Kd vc, menina?
Bjs

andreia inoue disse...

ola amiga linda e querida,fiquei super feliz pelo seu comentario e ja estou com saudades de ler noticias suas,escreve assim que puder o que andas fazendo,sei q ai ja estao comemorando a pascoa,entao ja vou desejando um otimo feriadao e que todos os seus problemas desaparecam e que tudo volte a ser flores,bem,se tudo nao for,pelo menos que a maior parte do tempo sim ne?afinal vc merece,
super super beijaoooo e quando de,faz aquele post maravilhoso!!

A Língua Nervosa disse...

Eu diria que também sofro desta doença...essa coisa de nos decepcionarmos com os outros...acabo muito magoada...me curvo as vezes ao que é mais prático...deixar de crer nos outros, mas na verdade é preciso ser diferente deles!
bjs