terça-feira, 14 de abril de 2009

Vou escrever um post de indignação hoje... Passei o dia super mal com algumas coisas que vi. Bom, deixa eu explicar: Eu quase nunca assisto televisão, primeiro porque não tenho tempo e segundo porque sempre que assisto fico com vontade de mudar o mundo.
Então, hoje eu acordei as onze da manhã e meu avô tava assitindo televisão, a programação de uma emissora do estado da Bahia, eu já ia passando direto quando ele me convidou pra assistir com ele, fico super sem jeito de dizer não ao meu avô, um velhinho adorável de 80 anos que pede tudo com um jeitinho que só ele sabe, enfim lá fui eu ao martírio em prol da felicidade do meu avô...
Gente do céu, maldita a hora que me sentei na frente daquela televisão, não gosto nem de lembrar. Primeiro que o programa é de péssima qualidade, o apresentador é uma mistura de psicopata com homem das cavernas, o aúdio é ridículo e o cara grita o tempo inteiro, eu passei horas me perguntando como é que meus pais estavam permitindo que meu avô assistisse uma baixaria daquelas, sim, porque ele me disse que é o programa preferido dele, que não perde nenhum dia, que horror!!!!!!
Mas vocês nem imaginam o pior, dentre as várias atrocidades que o cara relatava vou destacar duas que mexeram demais comigo.
Assim que começou o programa ele começou a fazer umas chamadas para as principais matérias, na primeira ele gritava(eu decididamente não estou exagerando minha gente, ele gritava): "Filho é preso em flagrante praticando SEXO ANAL com a mãe de 80 anos, a mãe SANGRAVA e ele chamava a mãe de GOSTOSA", juro pra vocês que contei e ele fez essa chamada antes de mostrar os detalhes horríveis da reportagem 22 vezes; na segunda ele também gritava: "Mãe MATA filho drogado que tentou esfaqueá-la".
Gente eu sei, concordo com todo mundo que as coisas devem ser noticiadas sim, mas vocês não são capazes de imaginar a cara do meu avô quando ouvia essas coisas, se eu fiquei perplexa imaginem ele, ele passou o dia inteiro falando disso, todo mundo que encontrava ele repetia com as mesmas palavras e quase gritando na tentativa de imitar o apresentador. Bem, tirando minha indignação com a forma com que as notícias foram passadas e a péssima qualidade da emissora, deixa eu relatar minha indignação quanto ao fato.
Mais uma vez me pergunto: Em que mundo estamos vivendo? Onde ficaram o respeito, a moral, os bons costumes, as famílias? Eu me recuso a acreditar que certos tipos de coisas acontecem, mas enquanto eu e matade da massa populacional hipócrita desse país fechamos os olhos pra esse tipo de coisa, elas continuam acontecendo, com um estranho, o cara da esquina, o tio de numseiquemzinho, o parente de fulaninha, nosso vizinho, uma pessoa próxima... Mas nada disso nos atinge por um período maior que 2 ou 3 dias no máximo, sim, esse é o tempo que essas coisas tem pra ficar na mídia, até que outra coisa pior aconteça e o fato que era destaque torne-se passado e passe a doer apensas em alguns dos parentes das vítimas.
Mais uma vez me pergunto: Até quando? Até quando isso vai ser normal? E essas são perguntas que eu deveria fazer a mim mesma, pois eu também contínuo calada, assistindo a esse programa me dei conta de que eu estava mais preocupada em selecionar o que meu avô assiste do que com a responsabilidade social de me fazer parte integrante de um país em crise em todos os aspectos e nesse sentido a financeira é a que merece menor destaque.
Me dei conta de que só me importo com essas coisas quando elas estão no auge da mídia e me dei conta ainda de que essa mídia ridícula e sensacionalista é que decide o que é ou não importante. Gente que vergonha senti de mim naquele momento,viver desse jeito, dessa forma passiva não faz o menor sentido, ao menos não pra mim...
Por isso hoje eu grito, suplico que as pessoas atentem-se para esses fatos, atentem-se para o país no qual estamos vivendo, não vamos fechar os olhos, não vamos mais fazer de conta que nada acontece,viver assim não faz sentido.
Vamos gritar SIM, ainda que nosso grito seja sufocado e que logo apareçam mãos para nos tapar a boca.
Não vamos mais querer nos fazer de surdos, cegos e mudos, Chega disso, basta...



Gente desculpa o post imenso e minha indignação, mas eu precisava falar...


[Mudando de assunto]


Tô passando a semana inteira na casa de mamãe, oww coisa ótima de boa, não tão bom assim porque estou de atestado médico, por conta da maldita coluna que não dá trégua, mas enfim de qualquer forma esse tempo tá sendo bom demais, tô dormindo bem, comendo ótimo e pensando muito para tomar algumas decisões. Não existe melhor lugar no mundo pra se pensar do que a nossa cama, o nosso travesseiro.

Tô lendo vcs todos os dias viu? Vou comentando sempre.
Beijoo bem grande pra todo mundo.

7 comentários:

Lou disse...

Comentário sobre a casa da mamãe: assino embaixo! Nada como a nossa cama, o nosso travesseiro e uma comidinha boua!

Sobre o programa de televisão que você viu, que coisa bizarríssima, hein? Cruzes... O cara é totalmente louco, só pode.

Também acho que somos passivos, porém, num caso desses, como a gente vai saber? Só se pegarmos o cara no flagra ou a mãe reclamar alguma coisa. Dentro de quatro paredes é muito difícil saber o que está acontecendo...

Agora, para quase todas as outras coisas, somos mesmo muito passivos...

Shame on us.

Melhoras para a sua coluna, viu?

Beijo grande!

Mônica disse...

Aqui tb tem um programa desses e eu detesto ver. Meu pai assistia direto, mas agora parou. O cara dá as notícias berrando e com um palavriado horrível. Eu não vejo nem por um decreto.

Eu tenho selecionado o que assistir. Tudo bem que devemos admitir que certas coisas existem e que precisam ser mudadas, mas isso não quer dizer que devemos ir atrás dessas notícias. A única coisa que podemos fazer é mudar a nós mesmos e influenciar as pessoas mais próximas a mudar suas atitudes também e assim por diante. Essa é a chave para mudar o mundo.

Bjs e melhoras.

Ah...ninguém quer me dar o Hugh Jackman =[

andreia inoue disse...

amigona linda e querida!!!!!!
entendo perfeitamente a sua indignacao,em pernambuco tambem tem varios programas nessa linha,acho q o mais famoso eh o do cardinot,nao sei se ainda eh...mais eh assim,super sensacionalista e voltado quase q totalmente para esses asssuntos chocantes!!!
a maioria das pessoas nao sao passivas,muitas assistem pelo prazer do anormal,feito o programa da luciana gimenes q faz sucesso mostrando o lado negro da sociedade...nao todos os quadros,mais muitos sim!
hj em dia as pessoas tem muitas opcoes de escolha,tem o controle da tv tem varios canais a disposicao,mais veja bem quais os q faz sucesso?
acho q a gente tem o poder de mudar o mundo atraves da melhoria do nosso espaco pessoal e servindo de exemplo para os amigos e pessoas proximas,vc melhorando o seu ja esta fazendo grande coisa!
entoa um super beijaoooo e nao encuca muito nao,sei q eh dificil ver essas coisas tenebrosas e ficar passiva,mais nao adianta da murro em ponta de faca,nao assista,faca post sobre essas anomalias e isso acaba influenciando positivamente as pessoas,beijos,beijos.
e melhoras com a sua coluna!

Mauri Boffil disse...

ai que horror... Aqui tem desses programas e eu nem passo perto...

Gay Alpha disse...

Assino embaixo, querida!!!
Assistir televisão é quase sempre um convite a indiganção. Já nem sei o que é pior: se esse rapaz traçando a mãe octogenária ou se é aquela potranca cheia de chantilly chafurdando na bahheira da Luciana Gimenez... é phoda, com ph mesmo!
Sorte que tem gente, como vc, que percebe essas atrocidades e se posiciona. Estou contigo. E dá um jeito de diversificar o cardápio televisivo do vovô. Hehehehe!!!
Beijos, dear!!!!

A Língua Nervosa disse...

Menina..realmente não podemos ficar parados...o que podemos fazer pra mudar? Na minha opinião, é dentro de casa que se forma um ser humano. É justamente a falta de valores, modos e costumes que estão levando as pessoas, com problemas, a perderam a razão (o que dirá o coração) e se atirarem num mundo medíocre...casos como estes vão continuar existindo sempre,porque o homem tem seu lado perverso, mas podemos mostrar também o outro lado...do bem...das coisas belas...do que constrói...Pra mídia notícia ruim, feia dá mais Ibope né...não ver este programas já é um primeiro passo. Depois refletir sobre os problemas sociais e tentar melhorar o mundo que nos cerca...começando tudo dentro de casa...o AMOR Constrói! Ele gera frutos...pode crer!

Sobre a casa da mãe...de deitar no colo e pedir um cafuné...ahhh quanta saudade!!! Aproveita, menina! bjs

Thais Puga®. disse...

De fato, em quem mundo vivemos? ...
O mundo ta cada vez pior a cada segundo... valores de fato não mais respeitados...

O mundo de fato sempre foi agressivo, sanguinários, mas parece que as pessoas tão achando isso mais divertido então estão aderindo sempre... é quase que um efeito dominó.

Mas assim, acho um absurdo sem noção esse tal programa as 11h e com uma qualidade terrivel dessas... E o pior, as pessoas gostam de ver essas coisas... é masi fácil você ver pessoas falando de tragédias do que do final feliz da novela.

Melhoras aê pra sua coluna.

Inté,
Beijos. xD