sábado, 25 de julho de 2009

Chegou o fim de semana aêeee\o/
Espero que todos estejam animados como eu, hoje finalmente criei coragem de ir ao centro da cidade fazer umas comprinhas que eu mereço né? uahuahuauahuauah Lembrei de Lou que andava comprando horrores e fugindo do orçamento, tava me sentindo a própria rsrsrs, fui comprar umas sandálias que eu tava louca querendo, aproveitei pra comprar logo, pois muita gente sabia que eu queria e meu aniversário tá chegando né? Daí não quero ganhar presente que espero, adoro surpresas hahahaha agora já comprei, o povo vai ter que usar a criatividade na compra de meus presentinhos rsrsrs.
Que cena:
Quando eu tava na loja vendo as sandálias tinha uma dupla ao meu lado, mãe e filha e tavam discutindo sobre alguns modelos, enquanto a vendedora foi buscar o que eu pedi fiquei alí distraída e não pude deixar de ouvir a conversa das duas.
A mãe dizendo que ela devia levar a preta e ela dizendo que levaria a vermelha, pois o namorado adorava vermelho, a mãe continuou insistindo, mas a filha não perecia disposta a ceder, depois de alguns minutos de discussão a mãe dispara: Tudo bem, leve a vermelha, dê mesmo ousadia a quem só te maltrata, leve essa que com ela mesmo ele quebra sua cara, como é que pode a pessoa num ter vergonha na cara, vive sendo maltratada e ainda que agradar um traste daquele?
Eu já tava morrendo de vergonha e só não saí porque elas iam perceber, mas a situação ficaria ainda pior, a mãe virou pra mim e perguntou se eu tinha namorado e quantos anos eu tinha, a filha já tava morrendo de vergonha, com o olho cheio de lágrima, ela com certeza sabia que a mãe não ia parar. Eu respondi minha idade e disse que não tinha namorado, ela insistiu e perguntou se eu tava procurando, eu disse que não , que estava muito bem sozinha e a conversa foi se estendendo, minha vontade era matar a maldita vendedora que não chegava...
Depois de me fazer muitas perguntas a mãe começou a dizer que a filha não tinha vergonha, que o namorado maltratava ela, que a traia e mesmo assim ela insistia nesse relacionamento, eu nem sabia o que fazer, nem conhecia as duas.
Finalmente a vendedora que estava me atendendo voltou e eu saí da confusão das duas, mas a mãe não parou de falar, a loja inteira ficou sabendo da vida da filha e depois vi a filha comentando com uma mulher que não aguentava mais as vergonhas que a mãe fazia ela passar contando a vida dela em público.
Eu posso até concordar que o que a mãe fez é errado, que deviam conversar em casa e tudo mais, mas essa menina devia ter vergonha era de manter um relacionamente desses, pelo que a mãe disse é um inferno e ela em momento algum desmentia, fala sério, é desse amor patologia que tô correndo, naquele momento olhei pra os céus e agradeci por estar encalhada uahuahuahuahuahua. Fiquei morrendo de vontade de dizer umas verdades à menina, mas a mãe já fazia muito bem, só que acho que ela já ouviu tanto a mãe que nem se importa mais, vale ressaltar que ela levou mesmo a vermelha e tomara que ele faça o que a mãe disse, que arrase com ela outra vez, ahhhh me poupe idiotice tem limite.
Gente tô saindo agora, vou pra o salão ficar ainda mais linda rsrsrsr que eu mereço, vou me arrumar porque o fim de semana promete. Beijão pra todo mundo e um excelente fim de semana.
ps.: se alguém for comprar sandália por favor leve a preta, eu tomei o cuidado de não comprar nenhuma vermelha rsrsrsrs.

7 comentários:

Lou disse...

Acho errado ter esse tipo de conversa em público. Tudo bem a mãe chamar atenção dela, mas fizesse em particular...

Já fiz muita coisa pra agradar homem. Hoje em dia penso, antes de mais nada, na minha própria vontade.

Beijo e divirta-se!

Nikinha disse...

Se fosse eu, saía de perto e deixava minha mãe falando sozinha. O que passo ou deixo de passar só interessa a mim e a mais ninguém. Além do mais, nós mesmos que criticamos nos permitimos certas coisas qdo estamos envolvidos na situação.

Não sou muito de agradar homem, não, mas de vez em qdo faço uma gracinha. Afinal, qdo não custa nada pra mim, vale a pena.

Bjs

andreia inoue disse...

puzt,acho horrivel esse tipo de comportamento,se fosse minha mae fazendo um escandalo desses eu largava ela sozinha,ora essas,quem sabe as dores e as delicias do relacionamento eh quem vive e nao quem ta de fora,sem falar que no dia q a garota nao aguentar ela da um basta,mais enquanto ela ta com o carinha,acho q de alguma maneira ta valendo a pena!que mae detestavel,se ela acha q o namorado eh pessimo,ela nao se comporta diferente falando da vida dela desse jeito para todos!

e mudando desse assunto,comprinhas tambem adoroooooooooo,e qual foi o estilo que vc comprou?fotos,fotos!hahah...
beijao amiga!

Mauri Boffil disse...

eu tb acho o erro, olha... eu ignoraria! Mas, minha mãe me beliscava em publico

Beta disse...

Hahahaha que bárbaro. Se fosse comigo, sem dúvida alguma eu ia falar "senhora, me desculpe, mas eu não tenho nada a ver com a sua vida, muito menos com a da sua filha. Consequentemente a senhora não tem nada a ver com a minha e eu não quero te responder nada".

Eu não colaboraria com o papelão que a mãe fazia. E eu também não julgo a menina porque não sei o que realmente acontece. Agoooora, se o cara bate nela, tomara que bata mesmo com a sandália hahahahhaa

Beeeeijos

Beta disse...

Hahahaha que bárbaro. Se fosse comigo, sem dúvida alguma eu ia falar "senhora, me desculpe, mas eu não tenho nada a ver com a sua vida, muito menos com a da sua filha. Consequentemente a senhora não tem nada a ver com a minha e eu não quero te responder nada".

Eu não colaboraria com o papelão que a mãe fazia. E eu também não julgo a menina porque não sei o que realmente acontece. Agoooora, se o cara bate nela, tomara que bata mesmo com a sandália hahahahhaa

Beeeeijos

andreia inoue disse...

amgia querida e super sumida,espero q esteja tudo bem e que ja tenha voltado de vez a vida do blog viu moca,estamos sentindo saudades suas,vira e mexe olho para ve se tem noticias e nada,
:(
aqui estive de ferias de alguns dias e aproveitei um pouco sim,
:)
um beijaooooo e espero novidades!