terça-feira, 30 de março de 2010

Fico cada vez mais encantada com a diversidade humana, as pessoas existem mesmo nas mais variadas formas, com os mais diferentes tipos de pensamento e comportamento possíveis.

Esses dias eu estava meio nostálgica, andei vasculhando o orkut, e-mail e msn em busca de algumas pessoas que conviveram comigo na época do ensino médio[convivemos efetivamente, visto que eu estudei em uma escola Agrotécnica em período integral, ah!!! aqueles alojamentos rsrss]. Com algumas pessoas tenho contato até hoje, elas estão ainda em meu seleto grupo de amigos,minha valiosa colação, outras, apesar de eu lembrar muitas vezes foram ficando na linha do tempo, apenas nas lembranças... E aí esses dias acabei conversando com algumas dessas pessoas por msn, pra saber mesmo como estavam, que rumo tinham dado às suas vidas, planos pra o futuro e essas coisas e o discurso de uma pessoa em comum me deixou bastante angustiada, não consegui parar de pensar nisso.

Começamos a conversar, falei da minha vida, da faculdade, de estar morando fora e essas coisas e ai depois, como ela não falava nada sobre ela decidi perguntar...


Eu: E você como é que tá? Fazendo o que da vida? Morando onde?


Ela: Moro no mesmo lugar, tenho a mesma vidinha de sempre, a única coisa que aconteceu na minha vida de diferente foi o casamento. Até passei no vestibular, mas tive medo de não dar conta, achei melhor casar e seguir minha vida do jeito que tem que ser, querendo ou não todo mundo vai casar mesmo, decidi fazer logo isso. Lembra de fulaninho?[um tapado aff], então casei com ele tem dois anos e acho que sou feliz.


Eu: depois de quase dez minutos tentando assimilar o que eu tava lendo pedi desculpa pela demora e fiquei disfarçando, disse que tinha que sair e que depois conversávamos.


Mas ela não se contentou com o choque que me deu e ainda disse:


Ela: A gente se fala ai nesse msn, mas quando falar pergunta sempre alguma coisa que a gente viveu pra ter certeza que sou eu, é que meu marido é muito ciumento e vive entrando no meu msn.


HEIN? COMO? O QUE?


Passado o susto, eu não consigo nem acreditar que eu tava lendo aquilo, gente do céu,tudo bem que eu não acredito nos relacionamentos[ nada contra quem os vive, só não é um plano pra MINHA vida], mas acreditar neles a ponto de resumir ai uma vida é um tantinho demais não é não? Ou eu estou ficando "louca" por achar um absurdo a menina limitar a vida dela ou a "louca" é ela, eu juro que não consigo pensar na primeira opção.

Como assim ela abriu mão da faculdade pra casar? Como assim ela "acha"que é feliz? Como assim ele entra no msn dela?

Meu Deus do céu... Conversando com outra amiga, contei o ocorrido e ela disse que não entendia porque eu tava tão surpresa, que muitas mulheres adoram viver assim e ainda me disse: Ow amiga num fique assim tão perplexa não, é tão mais fácil ser BURRA, é tão mais fácil não ir em busca de nada, mesmo que nesse nada esteja seu sonho, e se encostar em alguém que pode garantir nosso futuro, tão mais fácil que algumas mulheres simplesmente acreditam que essa é a melhor forma de sobrevivência.

Hein??? Futuro aqui é o que? Um prato de comida?

Decididamente não entendo certas coisas, mas enfim é a vida né?

Depois vejo essas mesmas mulheres reclamando que não são respeitadas, que seus companheiros fazem e acontecem, que não se sentem relizadas... Sim, e de quem é a culpa? Quem escolheu viver submissa assim? Quem é que suplica pra voltar a viver esquentando barriga no fogão e esfriando na pia? Faça-me o favor, olhe,me deixe viu?

Desculpa gente, mas fiquei mesmo revoltada...


Falando de coisa boa agora...


Eu tô melhorando a passos largos, me sinto melhor a cada dia, evolui bastante na fisioterapia e tô fazendo hidroginástica e acunputura \o/, tudo pelo meu bem estar.

Mesmo com uma dificuldade de locomoção ainda, sai de casa esse fim de semana, com o auxílio de minha irmã[queridíssima] fui ao shopping para as compras de páscoa, gente que clima mais contagiante, tá tudo tão lindo, já tinha tempo que eu não ia no shopping fazer umas comprinhas[lá se vão todos os limites, mas eu tava merecendo rsrsr], acho que por isso fiquei tão encantada. Estudei também no fim de semana, pra não correr o risco de ficar alienada rsrsrs, e fui ainda passar um dia na casa de grandes amigas, o fim de semana foi simplesmente perfeito,consegui passear, estudar, me divertir \o/.

Essa semana vou aproveitar o feriado providencial e me mandar pra minha amada Bahia, saudade sufocante de casa já e vocês animados com a páscoa?


Beijo bem grande pra todo mundo, e uma linda semana com muito chocolate pra todos
hahahahah.

5 comentários:

andreia inoue disse...

Acho que o problema da tua amiga foi preguica. Preguica de estudar,preguica de trabalhar, preguica de encarar a vida...teve a sorte de encontrar alguem para correr atras do "pao" no lugar dela.Essa eh a impressao que fiquei.
:D
e que noticia otima da sua recuperacao,que continue nesse ritmo ate ficar 100% boa ,eh so questao de tempo e disciplina.
E nem me fala da pascoa,adorava essa epoca,e tambem fazia as comprinhas especiais assim como vc,ano que vem estarei nesse clima,com fe em Deus.
Um beijao linda do coracao,e boa pascoa.

Desabafando disse...

Pior que existem sim muitas pessoas parecidas com essa sua amiga por aí. Gente que busca realmente o caminho mais fácil e gosta dessa acomodação. São pessoas que não gostam de lutar pela melhoria e evolução pessoais. Concordo contigo e não acho legal focar toda sua vida apenas na dependência do outro, ou em um relacionamento. Cada um precisa ter seus próprios interesses, seus próprios projetos.

Tenha uma ótima Páscoa!

Lou disse...

Então.
Às vezes, as pessoas não têm escolhas.
Quer dizer, a gente sempre tem escolha, mas algumas são muito mais dif´ciceis do que as outras e essa sua amiga deve er sido criada com essa cabeça e acha que é p certo.
Eu não a julgo, porém, não quero isso pra minha vida. Casamento, pra mim, é sair da dominação paterna para a dominação de um marido. Então, se é pra depender de alguém, que seja do meu pai que, pelo menos, é sangue do meu sangue, hahaha...
Estou super animada para a Páscoa, mas acho que não vou poder comer muito chocoalte não... Estou gordinha, preciso emagrecer!
Que bom que você está melhorando, fico feliz!
Beijos e ótimo feriado!

Mauri Boffil disse...

Nhammm... chocolateeee!!! AAAAA!

Sandra Timm™ disse...

Adlianny

Que bom que você tirou o colete cervical!!! Fico muito feliz por você! Parabéns.

Depois de tanto tempo e acontecimentos contraditórios, estou tentando voltar à vida bloguistica e visitando os amigos do coração.

Como fiquei muito tempo distante, estou só passando para dar um "oi" e aproveitando para deixar um beijo e a promessa de voltar com frequencia.

Beijo